Julgamento do processo de Cássio é adiado no TSE por falta de quórum

Dois ministros se declararam impedidos e o julgamento foi adiado

O Tribunal Superior Eleitoral acaba de adiar o julgamento do recurso contra o candidato ao Senado pela coligação Uma Nova Paraíba, o ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB), eleito dia 03 passado com mais de um milhão de votos.

O presidente Ricardo Lewandowski alegou falta de quórum. Dois ministros se declaram impedidos e o julgamento foi adiado.

O relator da matéria é o ministro Aldir Passarinho, escolhido por redistribuição automática após o presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, determinar a distribuição aleatória.

O processo de Cássio já conta com o parecer contrário ao registro da candidatura com base na Lei Ficha Limpa pela Procuradoria Geral Eleitoral. Ele foi condenado pelo TRE da Paraíba por abuso de poder e conduta vedada e depois pelo TSE no caso conhecido como Caso FAC (distribuição de cheques).

Antes das eleições, por cinco votos 5 a 1, o ex-governador teve o registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba.

Uma nova data ainda não foi definida pelo TSE para julgamento do recurso.

Fonte: Josué Cardoso com TSE

Anúncios

Sobre sertaoemfoco

Aqui é diferente! Credibilidade e Imparcialidade.
Esse post foi publicado em Política, Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s